Escolha uma Página

Já faz um bom tempo que aprendi duas lições que têm me ajudado muito na vida, algo que mudou minha forma de ver o mundo e que me afastou quase que completamente da pessoa preocupada e ansiosa que fui na adolescência.

Quando era mais nova, não aceitava a possibilidade de errar, falhar, perder ou fracassar.

Muitas vezes, negava a participação em qualquer competição para não passar pelo risco da derrota.

Perder ou fracassar não era uma opção, simplesmente não poderia existir.

No início do primeiro ano do Ensino Médio, quando não me classifiquei entre os três melhores alunos da minha turma (algo que acontecia desde que eu estava na quinta série), julguei que era o fim da minha vida e que seria melhor morrer a passar por aquela vergonha.

Pode parecer um exagero, mas existem pessoas assim. E eu gostaria muito que elas aprendessem as duas lições que eu aprendi, porque se nós não as aprendermos pelo caminho do amor e de forma sutil, vamos aprender por uma forma mais dolorida.

E quais são as duas lições?

  1. A filosofia que muito se aplica às Start Up do Vale do Silício é: faça logo e erre logo. Fracasse o quanto antes.

Fracassar é muito importante na vida. A nossa sociedade valoriza demais o sucesso e negligencia o fato de que para se alcançar o sucesso é preciso errar muitas vezes.

Quando vemos o resultado positivo de um grande projeto, um atleta no alto do pódio ou um aluno aprovado, estamos vendo um resultado, mas não um processo, uma jornada.

Aquele projeto foi reformulado várias vezes porque apresentou erros, aquele atleta já colocou no peito muitas medalhas de segundo colocado e o aluno fez e refez seus cálculos diversas vezes até acertar.

Isso para não falar no empresário bem sucedido que já faliu e nos artistas que já receberam muitos nãos.

É preciso fracassar para encontrar o caminho do êxito. Muitas vezes, é preciso errar para saber qual a maneira correta de fazer.

É preciso sentir o gosto da superação e deliciar-se com a conquista da vitória.

O fracasso forma tantos ou mais campeões que o sucesso. Fracasse, pois o seu pior momento é o instante de recomeçar.

A segunda lição!

  1. Aprenda a dar significados aos fatos que acontecem na sua vida, porque tudo tem dois lados. Sim!

E vamos usar o exemplo do fracasso para deixar isso mais claro. O que chamamos de fracasso nada mais é que o resultado de uma ação que empreendemos.

Este resultado pode não ter sido o desejado, mas ele é um fato. Aconteceu.

No caso, temos duas opções: olhar pra ele e acreditarmos que somos fracassados (jogamos para nossa identidade) ou acreditarmos que se mudarmos a ação, podemos ter resultados diferentes (jogamos a responsabilidade para a ação, para o comportamento).

Olhar o “fracasso” como um resultado indesejado é o primeiro passo para admitir que é possível usar outra estratégia para alcançar um resultado diferente.

O que não podemos é fazer as mesmas coisas e esperar um resultado diferente daquele que já conhecemos.

E para ter a força para agir novamente, precisamos ter o cuidado de dar os significados precisos para os fatos que ocorrem em nossas vidas, pois eles vão definir a forma como encaramos os resultados alcançados e estes influenciam nossas crenças que potencializam nossa ação para gerar novos resultados.

Quando aprendi a dar significados, passei a arriscar mais e a olhar para meus resultados não como algo que definia minha identidade e me tornava uma derrotada, mas como algo que poderia ser uma grande lição e oportunidade de flexibilizar minhas ações e pensamentos para gerar resultados mais eficazes para mim.

Sendo assim, fracasse mais vezes e aprenda a tirar a aprendizagem que esses momentos têm a oferecer.

Não seja um escravo da ditadura midiática do sucesso. O fracasso ensina lições importantes que todos deveríamos aprender.

O fracasso ensina a recomeçar, a não desistir,  a olhar o que pode ser melhorado.

O fracasso vai te mostrar quem realmente está do seu lado, quem são seus amigos fiéis.

É no fracasso que você vai olhar no espelho e saber o real tamanho da sua força.

Fracasse, pois um bebê não sai caminhando sem engatinhar e dar os primeiros tombos. Ressignifique, pois toda situação, sem exceção, tem dois lados.

O fracasso vai te ensinar lições tão preciosas a ponto de fazer com que você se lamente por não ter começado e errado antes. No caminho para o sucesso, muitos degraus estão camuflados de fracasso.

Suba-os