Escolha uma Página

Empatia.

O contrário da indiferença e do desprezo.

É a nobre característica de quem tem apreço pelo outro.

Empatia é a qualidade daquele que consegue se conter diante dos encantos do seu ego para sentir com o coração de quem vive o tormento.

É saber transplantar a alma para entender a dor na pele de quem sofre.

É olhar sem julgamento e entender o sofrimento que muitas vezes está o oculto na tentativa forçada de dizer que está tudo bem.

Empatia é entender que mesmo que a face sorria, ela não transmite a alegria enquanto o coração chora.

Empatia é conseguir renunciar à tentação de mostrar o quanto a vida já lhe foi injusta para mostrar ao outro o quanto sua cruz é leve.

Empatia é saber que qualquer comparação nesse sentido é um desfavor ao coração aflito.

Empatia é permitir que o outro possa sofrer sem enfrentar condenação fria de quem não conhece aquela experiência que ele vive.

Empatia é colocar-se no lugar do outro, calçar seus sapatos, olhar com seus olhos e sentir com seu coração.

Empatia é dizer não ao velho hábito de apenas criticar sem saber exatamente como se pode ajudar.

Empatia é coisa de gente forte, pois só elas são capazes de entender que conhecer e respeitar a dor do outro é uma forma de sofrer junto e repartir o peso que oprime alguém.

Gente que não vive a empatia aproveita qualquer oportunidade diante da fraqueza do outro para tentar provar a si mesmo que vale alguma coisa, enaltecendo supostos fatos que eles próprios precisam reconhecer como vitória e superação.

Gente que não vive a empatia caminha na contramão da vida. Não ajuda, só prejudica.

Viver a empatia não é pra todo mundo. São poucos o que se dispõe a fazê-lo, a maioria está preocupada em apontar o dedo e reprovar qualquer comportamento que julga inadequado como, por exemplo, estar triste.

A ditadura da felicidade expõe esse constrangimento que domina a sociedade.

Se você não faz parte do clube da alegria e do sucesso é um fracassado.

Os jurados estão a postos prontos para condenar.

Basta um clique para preencher suas vidas vazias com a falsa sensação de completude que têm quando exortam as fraquezas do outro.

Chega de hipocrisia. Chega de apatia.

Viva a empatia em sua vida para aprender o quanto você deve agradecer aos problemas que têm, pois se existe uma grande lição que a empatia é capaz de nos dar é que quanto mais eu me coloco no lugar do outro, mas entendo que meu fardo é leve diante das mazelas da humanidade.